Parlamentares do PDT e PPS entram com ação de inconstitucionalidade contra corte de verba do MEC


Foto: Reprodução

Os deputados Felipe Rigoni (PDT-ES), Tabata Amaral (PDT-SP) e o senador Alessandro Vieira (PPS-RS) entraram com pedido de ação direta de inconstitucionalidade (ADI 6.127) no Supremo Tribunal Federal (STF), no último domingo (05), contra a decisão do Ministério da Educação de cortar 30% do orçamento destinado as universidades federais.


Os parlamentares entendem que a decisão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, é arbitrária e não possui critérios técnicos.


A deputada Tabata Amaral prometeu também entrar com representação no Ministério Público Federal (MPF) para solicitar abertura de investigação de legalidade na decisão do ministro.


A parlamentar justifica que a ação contra o Ministério da Educação leva em consideração a fala de Weintraub de que parte do investimento será reduzido porque as universidades não "procuram melhorar o desempenho acadêmico".


Tabata então divulgou o ranking da US News & Wolrd Report, de 2018, que mostra instituições atingidas, como as universidades federais de Minas Gerais, Santa Catarina e Paraná, entre as 30 melhores da América Latina. Confira abaixo:


Câmara dos Deputados Senado

Recentes

25 setembro, 2019
O que o Congresso ressuscitou na Lei de Abuso de Autoridade

Listamos todos os pontos da Lei de Abuso de Autoridade que foram ressuscitados pelo Congresso ao derrubar os vetos de Jair Bolsonaro.

24 setembro, 2019
Presidente da Câmara dos EUA anuncia abertura de processo de impeachment contra Trump
em Mundo

Ele teria pedido para presidente da Ucrânia ajudar seu advogado a investigar filho de Joe Biden, principal pré-candidato democrata e seu possível adversário em eleição presidencial.

16 setembro, 2019
Romário terá de pagar R$ 408 mil de aluguéis atrasados no Lago Sul

A decisão, de primeira instância, é da 7ª Vara Cível de Brasília do TJDFT e se refere à mansão onde o senador morou, na QL 24

09 maio, 2019
Maia solicita alterações em decreto de Bolsonaro sobre armas e munições

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), nesta quarta-feira (09), que sejam modificados trechos do decreto do presidente Jair Bolsonaro

Por Cristiano Lima
09 maio, 2019
MP que combate fraudes no INSS é aprovada em comissão da Câmara

O relatório do deputado Paulo Martins (PSC-PR) sobre a Medida Provisória (871/19), que combate fraudes e irregularidades no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi aprovada

Por Cristiano Lima